RECEITAS

A atual gestão da Fundação Padre Anchieta acredita que não se faz serviço público de televisão sem a ajuda dos poderes públicos. Pela própria natureza das emissoras e para que elas possam permanecer independentes do mercado é preciso defender a consolidação de verbas provenientes do Estado.

Crê, por outro lado, que os patrocínios e parcerias são a chave para garantir a criação, implantação e manutenção de novos projetos, sempre tendo como objetivo uma programação de alta qualidade.

Independência do mercado não significa, contudo, manter-se alheio a ele, não somente as emissoras públicas, mas toda e qualquer emissora de radiodifusão deve manter-se atenta às significativas mudanças advindas do mercado, na razão em que são também indicativos das preferências de público que, sempre devem ser contempladas no sentido de oferecer alternativas de qualidade.

Mas isso não basta. Para crescer e cumprir sua vocação educativa e cultural, especialmente num universo que se torna cada dia mais e mais competitivo, as emissoras da Fundação também precisam ter receitas próprias originadas a partir de contatos com diferentes setores da sociedade, tanto no âmbito público como privado.

A partir do ano de 2004 a Fundação Padre Anchieta lançou-se mais agressivamente no mercado, com o objetivo de gerar e ampliar receitas através de: 

  • Mídia Promocional e Institucional: venda de patrocínios e apoios culturais.
  • Venda de produtos e sub-produtos criados a partir de elementos da programação. Para tanto se criou a Cultura Marcas que, de forma profissional, moderna e arrojada encarregou-se desse trabalho, mantendo hoje parcerias com grandes empresas fabricantes e de comércio eletrônico.
  • Licenciamento e prestação de serviços específicos, como produção de vídeos institucionais.

© 1996-2017 Fundação Padre Anchieta