Frutos

Todos os episódios apresentados por Caminhos e Parcerias, adaptados para a internet.

Clique no título do programa para acessar:

Em Nome da Mãe (produzido em 2004)

Caminhos & Parcerias traz Em Nome da Mãe, um episódio especial sobre a procissão do Círio de Nazaré, uma das maiores festas da cristandade, celebrada no mês de outubro em Belém do Pará, no norte do país. A equipe seguiu os passos da imagem da Virgem de Nazaré. Em 2004 a santa foi levada por dois milhões de devotos que vieram de todos os cantos para prestar homenagens à grande mãe dos povos amazônicos.
Dir. Neide Duarte


O Som da Cidadania (produzido em 2004)

O Som da Cidadania mostra como a arte em suas variadas formas está conquistando meninos e meninas de Volta Redonda, no interior do estado do Rio de Janeiro. O projeto Garoto Cidadão, bancado pela siderúrgica CNS, já tem cinco anos. Professores e técnicos foram contratados e hoje trabalham na formação artística de 165 crianças e adolescentes, de 8 aos 18 anos.
Dir. Neide Duarte


Minha Mãe (produzido em 2004)

Minha Mãe revela histórias de mães e filhas. Histórias de meninas, como Érika e Maria Helena, que viveram a experiência de ser mãe na adolescência. E histórias de adoção, como a de Amanda, que encontrou uma mãe adotiva, e de Jadde, que há 15 anos vive numa casa-abrigo e ainda espera reencontrar sua mãe de verdade.
Dir. Neide Duarte


Esconderijo dos brinquedos (produzido em 2004)

O Esconderijo dos Brinquedos revela histórias de crianças que vivem em São Paulo, suas brincadeiras, seus sonhos, sua imaginação. Histórias como a de Paulinha, a pequena moradora de cortiço que desapareceu na grande cidade, e a de Kelly e Thaís, crianças da periferia que conseguem encontrar espaço para brincar em um lugar de medo e violência.
Dir. Neide Duarte


Jovens de São Paulo (produzido em 2004)

Jovens de São Paulo faz parte da série especial de CAMINHOS & PARCERIAS que homenageia os 450 anos da cidade de São Paulo. Neste programa, a equipe de reportagem dirigida por Neide Duarte reencontra dois jovens da periferia, personagens do episódio Tá ligado?, feito no início de 2002. Um deles se esforça para ser músico e poeta. Está no segundo ano da Universidade Livre de Música, gosta de concertos, quer tocar piano, violão, ser maestro. O outro fazia assaltos, foi parar na Febem e hoje luta para se tornar cinegrafista e sair do mundo da contravenção.
Dir. Neide Duarte


São Paulo Nossa Casa (produzido em 2004)

O episódio São Paulo, Nossa Casa faz parte da série especial de CAMINHOS & PARCERIAS que homenageia São Paulo nos seus 450 anos. Traz histórias de quem mora na cidade: pessoas que vivem na periferia, nas favelas, os moradores dos cortiços. Gente que sobrevive com as menores rendas da cidade, mas que luta, como lutaram os imigrantes no começo do século passado para que um dia pudessem ser incluídos na história de São Paulo. Retoma, entre outras, a história de dona Anna, uma mulher de setenta e nove anos, que, em 2001, vivia em uma casa de cômodos e era futura moradora de um prédio que seria construído pelo governo num terreno perto do centro. Hoje o prédio existe e dona Anna mora num apartamento como sempre sonhou, com floreira na janela e vista para a praça Olavo Bilac.
Dir. Neide Duarte


A universidade também é nossa aldeia - São Paulo (produzido em 2003)

O episódio traz a história de um grupo de jovens indígenas que pela primeira vez tem acesso a uma universidade particular. O programa mostra o desafio enfrentado por estes jovens para estudar e manter vivas suas culturas que sofrem um processo histórico de exclusão. Eles participam do projeto Pindorama, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), que desde 2002 oferece bolsas de estudo para jovens de origem indígena. Hoje, 38 descendentes Pankararu, Guarani e Xavante cursam diferentes faculdades como pedagogia, letras, geografia e engenharia elétrica.
Dir. Neide Duarte


Notícias da Quebrada - São Paulo (produzido em 2003)

Este episódio mostra uma face do Jardim Ângela que não está nas manchetes da grande imprensa. Jovens sem oportunidade, simples números nas estatísticas da exclusão social, promovem uma ampla mobilização para combater a imagem de só violência que marca este bairro da Zona Sul de S. Paulo e mostrar que a periferia da cidade pode ser saudável e criativa. Comunicação é a palavra-chave. Ligados a vários projetos e oficinas gerenciados por ONGs e órgãos do governo, meninos e meninos editam jornais comunitários, produzem a programação de uma rádio on line, freqüentam salas de internet, lêem seus poemas, discutem literatura, fazem música em garagens, ocupam novos espaços no mundo.
Dir. Neide Duarte


Hora de Tecer - São Paulo (produzido em 2003)

"Hora de Tecer" mostra como um homem com pouco estudo consegue ensinar o que toda a cidade já deveria saber - é preciso separar o lixo para que ele possa ser reciclado. Lutando para sair da exclusão, o pernambucano Jocemar Silveira aprendeu a ser mais consciente e preocupado com o bem comum. E passou a liderar, no bairro de Pedreira, Zona Sul de S. Paulo, um projeto de coleta seletiva que leva o nome de Pedra sobre Pedra. Pedra é ainda uma pequena cooperativa. Mas já coloca para seus integrantes grandes desafios: a organização e a decisão coletivas, o trabalho partilhado, a construção de uma nova teia social.
Dir. Neide Duarte


Parto de Menina - São Paulo (produzido em 2002)

A experiência de ser mãe na adolescência é o tema de Parto de Menina. Seus personagens são meninas que viveram em lares desajustados, nas ruas e em instituições como a FEBEM, e hoje estão abrigadas em duas casas mantidas pela Fundação Francisca Franco no centro de São Paulo. Elas integram o Projeto Menina Mãe mantido pela entidade em parceria com o governo do estado e entidades privadas e, até completarem dezoito anos, são preparadas para a maternidade e a vida, para aceitar sua história e mudar seu destino e o de seus filhos.
Dir. Neide Duarte


Entre Linhas - São Paulo (produzido em 2002)

União de Vila Nova poderia continuar a ser apenas um bairro isolado do resto da cidade de São Paulo, como tem sido desde o final dos anos oitenta, não fossem os ventos que sopram em direção à arte. No início de 2001, uma pequena ong - Nova União da Arte - instalou-se no local com um projeto de vocação artística que atrai crianças e jovens para oficinas de artesanato, escultura, desenho, teatro, dança de rua e capoeira.
Dir. Neide Duarte


Tá Ligado? - São Paulo (produzido em 2002)

Este episódio mostra o trabalho desenvolvido pela Associação Novolhar com jovens da periferia de São Paulo. Meninos e meninas que crescem sem oportunidades, sem acesso a uma educação decente, ao lazer e à cultura, mas que, por meio dos cursos de vídeo, comunicação e arte oferecidos gratuitamente por essa organização não-governamental, começam a olhar e explorar o mundo de outro jeito e a confiar na possibilidade de saltar para fora das estatísticas da violência e do crime.
Dir. Neide Duarte


Um Olhar Sobre o Mangue - Porto do Mato (produzido em 2001)

CAMINHOS & PARCERIAS destaca o trabalho do Centro Esperança de Deus, um grande projeto social criado e desenvolvido há cerca de 25 anos na penísula de Porto do Mato, município de Estância, interior de Sergipe.
Dir. Ricardo Soares



Tempo da Terra - Santa Catarina (produzido em 2001)

CAMINHOS E PARCERIAS mostra uma experiência incomum de agricultura ecológica, que pequenos agricultores de 11 municípios - principalmente Anitápolis e Santa Rosa de Lima - da região das encostas da Serra Geral, sudoeste de Santa Catarina, estão realizando. O projeto reúne 200 famílias. Mais de 500 pessoas já estão trabalhando em 27 agroindústrias e em agroturismo.
Dir. Ricardo Soares


Quase o Peso de um Passarinho - Dois Anos Depois (produzido em 2001)

Quase dois anos depois, CAMINHOS E PARCERIAS volta a São José da Tapera, Alagoas, em busca dos personagens que, no programa QUASE O PESO DE UM PASSARINHO - vencedor do Prêmio Wladimir Herzog de 2000 -, ajudaram a contar a história da fome e da batalha contra ela num dos tantos sertões brasileiros.
Dir. Neide Duarte


Olhar de Arquiteto - Santos - SP (produzido em 2001)

CAMINHOS E PARCERIAS revela o trabalho de cinco jovens arquitetos, formados pela Universidade Católica de Santos. Acompanhe a dedicação de duas moças e três rapazes que escolheram trabalhar com comunidades carentes do litoral sul de São Paulo, doando seu tempo e o conhecimento que trouxeram da faculdade.
Dir. Neide Duarte


Pereirão, a banda boa - Rio de Janeiro - RJ (produzido em 2001)

CAMINHOS E PARCERIAS revela as transformações da favela do Pereirão, no bairro de Laranjeiras, zona sul do Rio de Janeiro. A parceria entre o poder público e os moradores gerou mudanças fundamentais. Antes dominada pelo tráfico de drogas, a favela é hoje uma comunidade modelo, onde a segurança é tratada como uma questão social.
Dir. Ricardo Soares


Onde Existe Sombra, Existe Vida - São Paulo - SP (produzido em 2001)

Região central de São Paulo, 600 mil pessoas habitam em cortiços, 600 mil habitam a sombra. Paradoxalmente, 18% dos prédios do centro da cidade estão vazios. Em busca de uma saída, vários movimentos, todos ligados a União Nacional por Moradia Popular, congregam moradores e elaboram projetos em parceria com ONGs e Poder Público, para melhoria das condições de vida dessa população.
Dir. Neide Duarte


Um Sinal de Deus - Montes Claros - MG (produzido em 2001)

CAMINHOS E PARCERIAS foi até o norte de Minas Gerais para mostrar um grupo de homens e mulheres que crê ser possível derrotar os altos índices de mortalidade infantil da região através da persistência e da solidariedade.
Dir. Ricardo Soares


A Semente do Encantado - Lençóis - BA (produzido em 2001)

No coração da Chapada Diamantina, sul da Bahia, canta a viola do Griô. Recriação de um mito da cultura africana, o Griô é um velho contador de histórias, que vai de escola em escola ensinando e aprendendo com as crianças. Griô é também o nome de um projeto de formação de professores das comunidades da região.
Dir. Neide Duarte


Caminhos Atlânticos - Guaraqueçaba - PR (produzido em 2001)

CAMINHOS E PARCERIAS desembarca na Área de Proteção Ambiental (Apa) de Guaraqueçaba, no litoral norte do Paraná, com 313 mil hectares e uma diversidade ambiental única. O programa mostra as dificuldades e desafios das comunidades e ilhas ao redor da Apa que se envolvem em inúmeros projetos em parcerias com Ongs, empresas e órgãos governamentais visando a preservação do meio ambiente.
Dir. Ricardo Soares



Uma cor no retrato preto e branco (produzido em 2001)
Baixo Sul da Bahia


CAMINHOS E PARCERIAS retrata as histórias de adolescentes que começam a mudar suas vidas, movidos por um sentimento novo de cidadania e comprometimento com a realidade próxima. São jovens do Baixo Sul da Bahia que, como milhões de outros jovens brasileiros, têm na força da juventude seu único patrimônio.
Dir. Neide Duarte


Levantados do Chão - Itapipoca - CE (produzido em 2001)

Na região de Itapipoca, 125 km de Fortaleza, no Ceará vem se desenrolando uma bem sucedida experiência de reforma agrária. É o assentamento Maceió, uma área de 5.844 hectares desapropriada pelo Incra que abriga 632 famílias de assentados e agregados mais 3 associações e uma cooperativa que reúnem a produção de todo os assentados.
Dir. Ricardo Soares


A Meninada do Sertão - Nova Olinda - CE (produzido em 2001)

CAMINHOS E PARCERIAS desembarca no sertão do Ceará para contar uma história que supera desafios. O diretor Ricardo Soares mostra o trabalho pioneiro do casal Roseane e Alemberg de Quindins. Juntos, eles criaram um projeto único na Fundação Casa Grande - Memorial do Homem Kariri: a Escola de Comunicação da Meninada do Sertão.
Dir. Ricardo Soares


Voluntário: Destino de Cidadão - São Paulo - SP (produzido em 2000)

CAMINHOS E PARCERIAS mostra a história emocionante de pessoas que encontram no voluntariado um caminho capaz de curar doenças e apontar um novo sentido para vida a vida. O ano de 2001 é considerado pela Unesco como o Ano Internacional do Voluntariado.
Dir. Neide Duarte


Cria da Bahia - Salvador - BA (produzido em 2000)

CAMINHOS E PARCERIAS destaca o trabalho do CRIA - Centro de Referência Integral de Adolescentes. O CRIA, que acaba de ganhar o prêmio ABRINQ 2000 pelos Direitos da Criança, desenvolve intenso trabalho de arte-educação recorrendo principalmente ao teatro. Com a participação criativa dos adolescentes, leva temas sobre cidadania e auto conhecimento a outros jovens e educadores.
Dir. Ricardo Soares

 


Quebradeira, Destino de Mulher - Baixo Mearim - MA (produzido em 2000)

Esta é a história de coragem e solidariedade das mulheres quebradeiras de coco de
babaçu do Maranhão. CAMINHOS E PARCERIAS mostra o dia-a-dia dessas mulheres que desafiam o tempo e a própria resistência para garantir a sobrevivência da família. Como há cem anos, elas usam a lâmina de um machado preso sob uma das pernas e um porrete de madeira para extrair a amêndoa do coco. Apesar de exigir grande esforço físico, é um trabalho feminino por cultura e tradição.
Dir. Neide Duarte


A Porta de um Alto Paraíso - Alto Paraíso - GO (produzido em 2000)

CAMINHOS E PARCERIAS desembarca no planalto central brasileiro e revela um projeto especial que promove capacitação profissional e conscientização ambiental. A equipe do programa, no episódio A Porta de um Alto Paraíso, visita uma das regiões do país mais privilegiadas pela natureza: a Chapada dos Veadeiros, no nordeste do estado de Goías.
Dir. Ricardo Soares


Paralelas Cidades - Porto Alegre - RS (produzido em 2000)

Por dois anos consecutivos, 1999 e 2000, a prefeitura de Porto Alegre recebeu o prêmio Prefeito Criança, uma menção honrosa oferecida pela Fundação Abrinq para as administrações que tiveram desempenho exemplar em suas políticas voltadas à criança e ao adolescente. CAMINHOS E PARCERIAS traz um programa inédito sobre os projetos especiais que a prefeitura da capital gaúcha vem realizando juntos às comunidades carentes.
Dir. Neide Duarte


Nossas Línguas Brasileiras - Ayoyê - Segunda Parte (produzido em 2000)

A segunda parte do programa Nossas Línguas Brasileiras sobre os índios do Parque Indígena do Xingu. Apoiados por linguistas de diversas universidades, índios de várias etnias tentam resgatar línguas que estão perto da extinção.
Dir. Neide Duarte


Um Bosque no Meio da Floresta - Bailique (AP) (produzido em 2000)

CAMINHOS E PARCERIAS desembarca no estado do Amapá para mostrar a experiência da Escola Bosque do Arquipélago do Bailique. A Escola é um projeto educacional, se transformando em forte referência para a educação do estado. Seu projeto pedagógico, chamado de sócio-ambiental, foi concebido pelo sociólogo Mariano Klautau e visa, acima de tudo, integrar o homem em seu ambiente e cultura.
Dir. Ricardo Soares


Nossas Línguas Brasileiras - Xingu (MT) - Primeira Parte (produzido em 2000)

A primeira parte do programa Nossas Línguas Brasileiras sobre os índios do Parque Indígena do Xingu. Apoiados por linguistas de diversas universidades, índios de várias etnias tentam resgatar línguas que estão perto da extinção.
Dir. Neide Duarte


Meia Ponte Inteira - Goiânia (GO) (produzido em 2000)

CAMINHOS E PARCERIAS desembarca em Goiânia e mostra o Projeto Meia Ponte, patrocinado pelo Instituto Dom Fernando (ligado à igreja Católica). É um trabalho de educação ambiental e incentivo a uma cooperativa de reciclagem de lixo que beneficia cerca de 15 mil pessoas
distribuídas em duas mil residências.
Dir. Ricardo Soares

 


O Sol Não Nasce Quadrado (SP) (produzido em 2000)

A equipe do Caminhos e Parcerias foi conhecer a vida das pessoas que por um ou mais delitos sofrem a ausência de liberdade: elas estão cumprindo pena. A realidade das penitenciárias não é fácil, o tempo parece não passar para os 54.980 presos encarcerados em 59 unidades penitenciárias do Estado de São Paulo. Uma entidade, a FUNAP, ajuda os presos a reduzirem o tempo de pena dando a eles condições de ressocialização através do trabalho.
Dir. Ricardo Soares


Cais do Parto (Pernambuco) (produzido em 2000)

Estima-se que hoje existam mais de 60 mil parteiras no Brasil. A grande maioria atua nas regiões Norte, Nordeste e Centro Oeste. São mulheres que aprenderam a arte de receber a vida com suas avós, mães, tias. Este Caminhos e Parcerias acompanha o dia-a-dia das parteiras na região de Ouricuri, sertão de Pernambuco, e destaca ainda o trabalho da organização não governamental Cais do Parto - Centro Ativo de Integração do Ser.
Dir. Neide Duarte


Quase o Peso de um Passarinho (Alagoas) (produzido em 2000)

São José da Tapera, sertão de Alagoas. Em 1997, das mil crianças nascidas vivas, 147 morreram, um dos índices de mortalidade infantil mais altos do mundo. Para a Organização Mundial de Saúde, esse número não poderia ser maior do que 10 mortes para cada mil nascidos vivos. Esta é a dura realidade da pequena cidade alagoana. Este programa conferiu de perto a situação de pequenos brasileiros que crescem no abandono.
Dir. Neide Duarte


Desperdício (São Paulo - SP) (produzido em 2000)

O governo federal calcula que existam hoje no Brasil cerca de 32 milhões de pessoas passando fome, vivendo em situação de miséria. Segundo ainda o próprio governo, a cada ano, o país perde 12 bilhões de reais com o desperdício de alimentos. São toneladas e mais toneladas de alimentos que dariam para alimentar 30 milhões de famintos. Este programa mostra que esses números alarmantes fazem um projeto partir da indignação para a ação: o Mesa São Paulo, iniciativa do Sesc em parceria com alguns comerciantes.
Dir. Neide Duarte


Oficina Escola (Ouro Preto - MG) (produzido em 2000)

Passado, presente e, principalmente, futuro se misturam. Desembarcamos nas tradições de Minas Gerais e encontramos um projeto que resgata antigas profissões para criar novas oportunidades na vida de meninos e meninas de Ouro Preto e Mariana. É a Oficina-Escola, uma iniciativa da prefeitura de Ouro Preto em parceria com a Igreja Católica e o Senai.
Dir. Neide Duarte


Idosos (Santos-SP) (produzido em 2000)

Santos, município brasileiro com maior número de habitantes na terceira idade do Brasil (14,3% da população) possui iniciativas que buscam melhorar a condição de vida dos idosos, como a república Bem Viver, e reintegrá-los no mercado de trabalho, como o Projeto Vovô Sabe Tudo.
Dir. Neide Duarte


Alvarães -AM (produzido em 1999)

A força dos rios na região Amazônica parece não ter limites. Quem vive daqueles lados, conhece bem esta realidade. Trinta universitários do estado de São Paulo viram isso de perto. Eles fazem parte do projeto Universidade Solidária e foram levar conhecimento para a pequena cidade de Alvarães, 500 quilômetros de Manaus. Mas acabaram aprendendo muito mais do que esperavam sobre a vida amazônica.
Dir. Neide Duarte


Sisal (Bahia) (produzido em 1999)

No sertão nordestino, crianças são exploradas na produção de sisal, ganhando um ou dois reais por semana para fazer trabalhos perigosos à sua saúde. A luta da comunidade e de organizações procuram tirar essas crianças das plantações de sisal e colocá-las na escola. Só assim conseguirão superar os problemas da seca.
Dir. Neide Duarte


Monte Azul - São Paulo - SP (produzido em 1999)

A menos de 500 metros do centro empresarial de São Paulo, na Zona Sul, fica a Favela Monte Azul, com 3.800 habitantes. A favela com os menores índices de criminalidade e tráfico de drogas de São Paulo. Aqui, o movimento mais forte é o da ação comunitária.
Dir. Neide Duarte


Deficientes (produzido em 1999)

Pouca gente sabe ou percebe, mas o Brasil tem hoje 16 milhões de pessoas portadores de alguma deficiência. E muitos, muitos deles sonham com a chamada vida normal: casar, ter filhos, trabalhar. Uma trajetória aparentemente simples para a maioria. Não para os deficientes que ainda enfrentam obstáculos o tempo todo. É o que mostra este programa especial.
Dir. Neide Duarte


Belém - PA (produzido em 1999)

Em Belém do Pará a riqueza da fauna e da flora é imensa. Afinal é a região que abriga a maior floresta e a maior bacia hidrográfica do mundo. Mas o CAMINHOS E PARCERIAS viajou até o norte do Brasil atrás de gente. Pessoas que ajudam e são ajudadas. Gente que quase estava esquecida em lugares distantes. Um "país" dentro de outro País.
Dir. Neide Duarte


Heliópolis - São Paulo - SP (produzido em 1998)

Na favela de Heliópolis, uma das maiores de São Paulo, vivem hoje cerca de 70 mil pessoas. É um mundo particular que muitas vezes dita suas próprias regras. Nem sempre perfeitas. Nem sempre justas. Mas no meio dessa imagem de violência e descontrole social, surgem projetos que buscam a transformação.
Dir. Neide Duarte


Leia Brasil - SE (produzido em 1999)

Um caminhão-biblioteca passa pelas cidades de Laranjeiras, Santa Luzia de Itanhi, Riachuelo e Campo do Brito, todas no Sergipe, levando conhecimento e esperança para uma área carente de livros, estimulando a leitura nas escolas.
Dir. Neide Duarte


Iguape e Cananéia - SP (produzido em 1999)

Situada na área da Mata Atlântica, em São Paulo, a região de Iguape enfrenta o dilema da preservação da natureza combinada com as baixas condições de vida de seus habitantes.
Dir. Neide Duarte


Geledés (São Paulo - SP) (produzido em 1998)

Na capital de São Paulo, uma entidade chamada Geledés luta contra a discriminação e racismo, principalmente contra mulheres negras, atuando na Cidade Tiradentes e no Jardim Ângela, duas áreas da periferia de São Paulo.
Dir. Neide Duarte


Belo Horizonte - MG (produzido em 1999)

A capital de Minas Gerais produz 45 toneladas de lixo por dia, e catadores de papel são responsáveis pela coleta de 1% deste total, destinados à reciclagem. Para melhorar as condições de vida, eles se organizaram em uma associação.
Dir. Neide Duarte


Poço Redondo - SE (produzido em 1998)

O segundo maior município do estado do Sergipe não tem luz elétrica e sofre por causa da seca. Mas uma de suas maiores lutas é pela alfabetização da população.
Dir. Neide Duarte


Mirandiba - PE (produzido em 1998)

No sertão pernambucano, projetos envolvendo a comunidade
buscam contornar os problemas causados pela seca.
Dir. Neide Duarte

 


Envie seus comentários e sugestões para o programa: caminhos@tvcultura.com.br

| Terra | Raízes | Sementes | Frutos |

Caminhos e Parcerias - Início Sementes: as instituições que promovem parcerias Raízes: as manifestações culturais das diferentes regiões Terra: os lugares por onde o programa passou