volta - Alô Escola

Pontuação   
 
 

Uso da vírgula

Como usar a vírgula? Seu uso está relacionado à respiração?

Não, a vírgula depende da estrutura sintática da oração. A pausa que fazemos na fala nem sempre corresponde à pausa na escrita.

O "Nossa Língua Portuguesa" interrogou pessoas na rua a propósito desse tema. Pediu-se que colocassem vírgulas no seguinte texto:

O diretor de Recursos Humanos da Empresa Brasileira de Correios
e Telégrafos declarou que não haverá demissões neste mês.

A maioria dos entrevistados acertou. Não há vírgula na frase acima, por maior que ela seja.

"O diretor de Recursos Humanos da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos" é o sujeito do verbo "declarar". Foi ele, o diretor, que declarou.

Entre sujeito e verbo não há vírgula.

Na seqüência temos " ...que não haverá demissões neste mês". Trata-se de objeto direto em forma de oração. Ele complementa o verbo "declarar" —declarou o quê? Que não haverá demissões.

Mas, às vezes, a vírgula pode decidir o sentido do texto. Assim, como pontuaríamos a frase abaixo?

Irás voltarás não morrerás

A pontuação depende do sentido que se quer dar:

Irás. Voltarás. Não morrerás.
Irás. Voltarás? Não. Morrerás.

A diferença entre uma e outra oração salta aos olhos, não é?