volta - Alô Escola

Crase   
 
 

Crase em adjunto adverbial feminino

Os adjuntos adverbiais de instrumento recebem crase. Mas ser que esse tambm o caso de "escrever maquina"? As expresses adverbiais femininas costumam ser grafadas com acento grave no "a" ou no "as". So muitas as expresses. Veja algumas:

Fique à vontade.
Às vezes eu visito a minha tia.
A cidade ficou às escuras.
Vamos conversar às claras.

Expresses adverbiais femininas costumam ser grafadas com acento grave indicador de crase no "a" ou no "as".

Quando se trata de instrumento ou meio, caso de "a máquina", há divergências entre os gramáticos. Alguns argumentam que ningum diz, por exemplo, que o barco "ao remo", e sim que o barco "a remo"; do mesmo modo, um barco não pode ser "ao vapor", e sim "a vapor"; não se escreve algo "ao lpis", e sim "a lpis". Seria coerente com isso, portanto, que não acentuássemos o "a" ou "as" das expresses femininas que indicassem instrumento. Portanto seria adequado no colocar o acento.

Outros argumentam, porém, que, se as demais expresses adverbiais femininas recebem crase, as designadoras de instrumento ou meio tambm devem receber.

Então o que fazer? Uma vez que não há consenso sobre essa questão, seria admissível tanto usar a crase como não usá-la em adjuntos similares a " mquina". Mas cuidado: esse uso facultativo só é possível em relação a adjuntos adverbiais de meio ou instrumento. Nas demais expressões adverbiais com palavras femininas, a crase é obrigatória.