volta - Alô Escola

Ortografia   
 
 

Palavras terminadas em "-ez"

Como é que se escreve "chinês"? Com "s" no fim, é claro, e acento circunflexo no "e".
E "holandês"? Do mesmo modo: com "s" no fim e circunflexo no "e".

E quem é tímido? Quem é tímido possui uma propriedade que às vezes atrapalha um pouco... Uma propriedade, uma qualidade chamada...

Bem, vamos ver trecho de uma canção com o grupo Biquíni Cavadão:

... Se eu tento ser direto, o medo me ataca.
Sem poder nada fazer,
sei que tento me vencer e acabar com a mudez.
Quando chego perto, tudo esqueço e não tenho vez.
Me consolo (foi errado o momento talvez...),
mas na verdade nada esconde essa minha timidez...

Essa música chama-se "Timidez", exatamente o que nos interessa. Quem é tímido é dotado de timidez. "Timidez" não se escreve com "s", mas com "z". Trata-se de um substantivo abstrato, que, entre outras coisas, designa qualidade, como "honestidade" e "rapidez". O adjetivo "tímido" dá origem a "timidez", substantivo abstrato. Sempre que ocorre esse processo, com o acréscimo de "-ez" e "-eza", usamos a letra "z".

Substantivos abstratos derivados de adjetivos
terminam em -ez/-eza.

É o caso também de "mudez", outra palavra que está na letra da canção. "Mudez", substantivo abstrato, vem de "mudo", adjetivo. Por isso "mudez", como "timidez", escreve-se sempre com "z", de "zebra"!

E o substantivo abstrato também serve para dar nome de estado ou situação. Vamos entender melhor com a canção "Somos quem Podemos Ser", gravada pelos Engenheiros do Hawaii:

... A vida imita o vídeo,
garotos inventam um novo inglês,
vivendo num país sedento,
um momento de embriaguez.
Somos quem podemos ser,
sonhos que podemos ter.

Nessa canção existe a palavra embriaguez. É o nome de um estado, de uma situação, como "gravidez".

E aquela raça de cachorro... será "pequinês" ou "pequinez"?
Bem, "pequenez" é a qualidade de algo pequeno. "Pequeno" é adjetivo, "pequenez" é substantivo abstrato. Portanto, com "z".
A raça do cachorro chama-se "pequinês" porque é originária da cidade de Pequim, na China. E, assim como "holandês" e chinês", grafa-se com "s" no fim e circunflexo no "e".